Riscos de mercado

Flutuações nos mercados doméstico e internacional podem afetar, entre outras coisas, preços, taxas de juros, prêmios e descontos, bem como a volatilidade do Fundo, o que pode gerar variações no preço das Quotas, levando a perdas para os Cotistas. O mercado de capitais no Brasil é influenciado, em diferentes graus, pelas condições econômicas e de mercado de outros países, inclusive economias emergentes. A reação dos investidores a eventos nesses outros países pode afetar negativamente o valor de mercado de ativos e valores mobiliários emitidos no país, reduzindo o interesse dos investidores nesses ativos, incluindo as Cotas do Fundo. No passado, condições econômicas adversas em outros países emergentes geralmente resultaram na saída de investimentos e, consequentemente, na redução dos investimentos estrangeiros no Brasil. Nos últimos anos, as crises financeiras podem afetar a economia global, com diversas reflexões que, direta ou indiretamente, impactam negativamente o mercado financeiro brasileiro e o mercado de capitais, tais como: flutuações nos preços dos ativos (incluindo preços de imóveis), falta de disponibilidade de crédito, redução de custos, desaceleração econômica, instabilidade da moeda e pressão inflacionária. Qualquer novo evento de natureza semelhante aos mencionados acima, no exterior ou no Brasil, poderá afetar negativamente as atividades e o patrimônio do Fundo, a lucratividade dos Quotistas e o valor de mercado das Quotas.

Além disso, os ativos financeiros em que o Fundo investe devem ser marcados a mercado, ou seja, seu valor deve ser atualizado diariamente para refletir seu valor de mercado, ou a melhor estimativa de valor que seria obtida em suas negociações. Como consequência, o preço das Quotas do Fundo pode sofrer flutuações frequentes e significativas, inclusive durante o dia, o que poderia impactar negativamente os Quotistas. Além disso, as Propriedades do Fundo e os direitos reais sobre as Propriedades terão seus valores atualizados a cada ano, o que pode gerar disparidades entre o valor dos ativos imobiliários e o valor de mercado das Propriedades e direitos reais sobre as Propriedades. Como consequência, o valor de mercado das cotas do Fundo pode não refletir o valor de seus ativos imobiliários.