O valor dos ativos na carteira do Fundo não reflete necessariamente seu valor de mercado

Os imóveis são avaliados ao custo de aquisição, deduzido de depreciação acumulada, calculada de forma consistente na taxa compatível com a vida útil remanescente dos respectivos ativos, a partir do mês subseqüente à aquisição. Além disso, o Administrador e o Gestor podem ajustar a avaliação dos Ativos na carteira do Fundo sempre que houver uma indicação de perdas prováveis na realização do seu valor.

Neste sentido, independentemente da divulgação do valor de mercado dos Imóveis no relatório do Administrador e nas notas explicativas às demonstrações financeiras, isso não significa necessariamente que o valor das Propriedades na carteira do Fundo reflete o seu valor de mercado.