Execução de ativos, contribuição adicional de capital pelos Quotistas e possível perda de capital investido

Os custos incorridos com as medidas necessárias para a execução dos Ativos na carteira do Fundo e para a proteção dos direitos e interesses dos Quotistas são de responsabilidade do Fundo, até o limite total de seu patrimônio líquido, sempre sujeito a deliberação. pela Assembléia Geral de Cotistas.

O Fundo somente poderá adotar e / ou manter medidas judiciais ou extrajudiciais para a execução desses Ativos, uma vez superado o limite de seu patrimônio líquido, se os Quotistas contribuírem com os valores adicionais necessários para esse fim. Portanto, se medidas judiciais ou extrajudiciais forem necessárias para fins de aplicação dos direitos do Fundo sobre tais Ativos, os Quotistas poderão ser obrigados a contribuir com capital para assegurar a adoção e manutenção das medidas para proteger seus interesses.

Nenhuma medida judicial ou extrajudicial deverá ser iniciada ou mantida pelo Administrador antes do recebimento integral da contribuição dos Quotistas e da aceitação pelos Quotistas do compromisso de fornecer os recursos necessários para pagar os custos caso uma decisão adversa ao Fundo seja atingida. . O Administrador, Gerente, Escriturador, Custodiante e / ou quaisquer de suas afiliadas não são responsáveis, conjunta ou separadamente, pela adoção ou manutenção de tais medidas e por quaisquer danos ou prejuízos sofridos pelo Fundo e seus Quotistas devido ao não arquivamento. (ou continuação) de medidas judiciais ou extrajudiciais necessárias para proteger seus direitos, garantias e interesses, se os Quotistas não fornecerem os recursos necessários para fazê-lo, nos termos do Regulamento.

Consequentemente, conforme descrito no item “Risco de descontinuidade” abaixo, o Fundo pode não ter recursos suficientes para amortizar e, conforme o caso, resgatar suas Cotas em reais, o que pode levar os Quotistas a perder parte ou todo o seu investimento.